Data de novo Enem para prejudicados sai até quarta, diz MEC > Celso Jacob

O Ministério da Educação divulgou nesta sexta-feira (19) que a data para o novo Enem vai ser estabelecida até a próxima quarta-feira (24). Segundo o MEC, apenas os estudantes que forem identificados como prejudicados terão direito ao novo exame.

A identificação dos prejudicados está sendo feita pelas instituições responsáveis pela realização da prova, Cespe e Cesgranrio, através da análise das atas dos locais de prova. O ministério informou que a análise seguirá durante o final de semana para dar rapidez ao processo. São 116.626 atas, uma para cada local onde o Enem foi realizado.

Segundo o MEC, as atas mostram os casos em que estudantes receberam cadernos amarelos defeituosos e não tiveram o exame substituído. O ministério defende que apenas esses estudantes tenham direito ao novo Enem.

Ainda não há um prazo definido para finalizar o levantamento do número de estudantes prejudicados. No entanto, as novas provas devem ser realizadas na primeira quinzena de dezembro.

 

O MEC emitiu uma nota com as informações após reunião entre o ministro Fernando Haddad, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Joaquim José Soares Neto, e representantes do Cespe e da Cesgranrio. Os representantes das instituições participaram por meio de teleconferência.

No texto, o ministério informa que o calendário do Enem 2010 “segue rigorosamente dentro dos prazos estabelecidos”, com a divulgação dos resultados prevista para a primeira quinzena de janeiro de 2011.

Ceará
Insatisfeitos com a decisão de quinta-feira (18) do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), que restringiu a realização de um novo Enem apenas aos alunos que foram prejudicados pelos erros de impressão nas provas amarelas, estudantes do Ceará têm se organizado para entrar com recursos individuais na Justiça.

Grupos estudantes se reuniram nesta sexta com o procurador da República no CearáOscar Costa Filho, responsável pelas ações contra o Enem na Justiça Federal. Eles querem que volte a valer a liminar da justiça do Ceará que determinava a reaplicação das provas para qualquer aluno que se sentiu prejudicado no Enem.

O procurador disponibilizou na internet o conteúdo da liminar que ele recebeu da Justiça Federal do Ceará e foi derrubada em seguida pelo TRF5, para que os estudantes possam fortalecer as argumentações em seus recursos.

Correção
Os pedidos de correção invertida do primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem ser feitos pelo site do Enem até as 23h59 desta sexta.

No primeiro dia de provas, em 6 de novembro, os enunciados das áreas de conhecimentos estavam invertidos na comparação com o caderno de questões. Alguns alunos seguiram os enunciados e preencheram o gabarito de forma invertida, sem levar em conta a ordem numérica.

Para pedir a correção invertida, o estudante terá de informar o CPF e a senha cadastrada na inscrição. Após pedir a correção, não será possível cancelar a solicitação.

Em nota, o MEC ressalta que o requerimento é exclusivo para pedir a correção de acordo com o cabeçalho do cartão-resposta. Outros problemas que os alunos tiveram não serão tratados neste espaço.

A assessoria do MEC informou que já foi constatado que o número de alunos que pediram a correção invertida do gabarito é maior do que o daqueles que tiveram problemas com a prova amarela. No entanto, o ministério não divulgou os números.

Fonte: G1

Conheça e adicione minhas outras redes:
Orkut: Celso Jacob
Facebook: Celso Jacob
Twitter: @celsojacob
FormSpring: Celso Jacob

 

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: